Homero

Tradução: Carlos Alberto Nunes

Editora Ediouro

Rio de Janeiro/RJ  – 2002 – 2ª Edição

572 páginas

DSCN5583

Vamos ao primeiro dos 100 livros essenciais para a Literatura Mundial.

E não é pouco, afinal estamos falando do livro que iniciou a Literatura no continente europeu. Então, não importa a lista que você seguir, este livro tem que estar lá!

Primeiro, vamos aos dados básicos que tirei do Wikipédia:

“A Ilíada é constituída por 15 693 versos em hexâmetro datílico, a forma tradicional da poesia épica grega. Foi composta por uma mistura de dialetos, resultando numa língua literária artificial, nunca de fato falada na Grécia.

Com origem na tradição oral da época micênica ou seja, teria sido cantada pelos aedos (artistas que cantavam epopeias), e só muito mais tarde os versos foram compilados numa versão escrita, no século VI a.C. em Atenas. O poema foi então posteriormente dividido em 24 cantos, divisão que persiste até hoje. Onde cada canto corresponde a uma letra do alfabeto grego – divisão atribuída aos estudiosos da biblioteca de Alexandria.

Considerada como a “obra fundadora” da literatura ocidental e uma das mais importantes da literatura mundial. Tornou-se, juntamente com a Odisseia (atribuída ao mesmo autor), modelo da poesia épica, seguido pelos autores clássicos, como Vigílio, no poema Eneida, dentre outros. Também influenciou fortemente a cultura clássica de maneira geral, abrangendo campos não só da literatura, como a poesia lírica e a tragédia (na linguagem e temas), mas também a historiografia (na temática bélica e estrutura das narrativas historiográficas), a filosofia, etc., sendo amplamente estudada na Grécia Antiga  (como parte da educação básica) e, posteriormente, no Império Romano.”

Só por isso, já dá para entender a importância do livro, certo?

Mas não é fácil de ler, primeiro porque é um poema gigante, segundo porque conta a história da Guerra de Troia, então você tem que saber de Mitologia Grega, afinal, quando foi escrito, os mitos gregos eram a religião dos leitores, e todas as relações entre deuses e humanos estava na cabeça de todo mundo.

Uma questão importante desta edição, o tradutor é famoso, inclusive por conta desta tradução, feita diretamente do grego antigo. E ele conseguiu estabelecer uma rima inédita, tornando a tradução primordial para a língua portuguesa.

Ele também traduziu tudo do Shakespeare mas aí a história é outra.

Voltando: Carlos Alberto Nunes faz um prefácio super longo e didático pontuando a Questão Homérica, já que existem sérias dúvidas se Homero foi, de fato, o escritor, ou até mesmo, se ele existiu.

Troia, em latim, Ilium, daí do nome do livro, também era considerada uma cidade mitológica até poucos anos, mas recentemente foi descoberto um sítio arqueológico na Turquia que mudou os rumos do pensamento moderno.

Olhando bem de longe, e resumindo muito mesmo, vemos que todo o livro trata apenas de um fato bem secundário, a disputa por uma escrava: Agamenon toma como escrava a filha de um semideus que, com ajuda de Apolo e apoio de Aquiles, pega de volta a filha. Agamenon, com raiva, pega a escrava de Aquiles. Aí os dois brigam, mas ambos estão no mesmo exército, o grego… Toda essa briga leva a morte de Heitor, o general troiano, e por aí segue o poema.

Aconselho a ter paciência para ler este livrão, aguarde para um momento da vida em que estiver livre e leve, pois é um livro difícil, por várias razões.

Primeiro porque é poesia e nem todo mundo gosta. A leitura não rende, e como eu disse antes, a quantidade de mitos exige um excelente conhecimento de todos os relacionamentos entre deuses gregos, semideuses e humanos (já fiz a resenha de um livro lindíssimo, que pode ajudar muito, aqui).

Tem também o bacana Helena mas a gente sempre pode ficar com a internet.

Além de tudo isso, tem a questão psicológica, por assim dizer, afinal estamos falando do berço da civilização ocidental, todas as questões do inconsciente coletivo, dilemas existenciais e dramas da vida estão nestes mitos, e estes estão condensados no livro.

Leia, mas vá com calma! É o meu pequeno conselho.

Anúncios