Kathleen McGowan

Tradução: Maria Alice Paes Barretto

Editora Rocco

Rio de Janeiro/RJ  – 2011 – 1ª Edição

254 páginas

DSCN5562

Hesitei muito em comprar este livro, e depois em lê-lo, mas eu precisava escolher um livro para levar na viagem, que não fosse muito pesado ou muito grande, assim facilitaria minha vida de viajante solo.

Então esse foi o escolhido.

Conheci a autora ao ler o Segredo do Anel e o Livro do Amor, que aliás, descobri que não tem resenha… Vamos resolver isso em breve.

Então deixa eu explicar um pouco sobre a escritora: ela se propõe a lançar um novo olhar sobre Jesus e todos os que conviveram com ele. Maria Madalena está entre essas pessoas.

Nos dois livros que li, na forma de romance de ficção, temos uma visão mais moderna e feminista de Madalena e sua relação com Jesus, o Livro do Amor é o segundo livro desta trilogia, e até o momento, a Editora Rocco não dá previsões sobre o lançamento do terceiro livro – O Príncipe Poeta – no Brasil.

Mas este pequeno livro que levei para passear na Europa fala de algo mais específico: o Pai-Nosso.

Pode parecer livro de auto-ajuda, mas sinceramente, achei bem filosófico, já que disseca o Pai-Nosso de uma forma tão didática e cheia de exemplos, que achei bem interessante.

Como li devagar, e usualmente enquanto esperava algum voo, ou trem, pude pensar com calma sobre cada capítulo do livro.

Basicamente, a autora divide esta oração universal entre os cristãos, em seis etapas, essas etapas correspondem ao nível de evolução que Deus, ou o universo, ou seja lá o nome que você quiser dar, quer que os humanos sigam.

A cada passo, ela nos desafia com perguntas para você pensar na vida que leva, na sua forma de pensamento, e como devemos interpretar aqueles pecados nossos de cada dia.

Também trabalha com as nossas expectativas e desejos.

Fala bastante dos milagres.

Independente da religião, penso que todos nós devemos trabalhar nossa espiritualidade assim como, trabalhar para evoluirmos enquanto seres humanos.

Neste aspecto, não havia livro melhor a me acompanhar, pois eu estava mesmo em uma busca solitária por mim, pela minha felicidade e minha paz de espírito.

Ao ler este livro e incorporar algumas linhas de raciocínio que encontrei, pude ficar tranquila, mesmo quando havia algum perrengue, e também agora que estou seguindo na batalha por meus novos sonhos.

Recomendo este livro para quem quer respostas mas não está afim de soluções prontas em termos de religiosidade e Cristianismo.

Vale a pena: nota 3