As Vantagens do Fracasso e a Importância da Imaginação

J. K. Rowling

Tradução: Ryta Vinagre

Editora Rocco

Rio de Janeiro/RJ  – 2017 – 1ª Edição

75 páginas

DSCN2289

Esse é um livro excelente para presentear.

Uma edição primorosa, com capa dura e sobrecapa com letras vermelhas em alto-relevo. Internamente o livro tem uma diagramação diferenciada, com partes do discurso inseridas no meio de desenhos, facilitando a leitura e caracterizando-se quase como se fossem poesias.

O texto em si já é conhecido, basta procurar no You Tube e você pode assistir o discurso na íntegra, como a autora leu. E é bem bonito.

Mas o que nos interessa é o conteúdo, então vamos a ele:

A famosa autora de Harry Potter é convidada para fazer o discurso de paraninfa de uma turma da Universidade de Harvard. Ela faz o discurso para uma multidão de formandos, estudantes, familiares e professores desta famosa faculdade.

É claro que ela inicia o discurso falando da alegria de estar ali, fazendo piadas sobre bruxaria, mas logo em seguida, nos brinda com o que ela chama de “os benefícios do fracasso”.

No mínimo, curioso, já que estamos falando de uma das melhores faculdades do mundo, portanto, fracassos não são esperados desses formandos. Ela também cita a importância da imaginação.

Essa última colocação é fácil de se associar ao sucesso da autora.

Mas não é de Harry Potter e Voldemort que J.K. Rowling fala. Aos poucos, através de exemplos da própria vida, ela vai nos colocando lições de vida e de caráter, dignos de grandes oradores.

A pretensão não é a de ser a grande oradora do discurso inesquecível, mas sim, de orientar e transmitir um pouco de conhecimento próprio naqueles minutos cruciais em  que durou o discurso.

Lições de vida de uma mulher que soube persistir e dar a volta por cima. Seus fracassos estão ali, mas também o poder da imaginação, não apenas para escrever livros, mas principalmente para se colocar no lugar do outro e assim, tentar ajudar, tentar criar um mundo melhor.

Pontua que aqueles que estão se formando, por estarem em uma posição de liderança, têm a obrigação de ajudar o próximo, cuidar dos que têm necessidade, dar voz e apoio aos injustiçados.

Seu discurso chama à responsabilidade aqueles que estão por cima.

Sou fã, simples assim.

Para quem não curte ler, taí um livro excelente para se começar a gostar. Pois o ritmo é rápido, a leitura é fácil e divertida, e a autora nos prende do começo ao fim, sem dramas.

Leia! Nota 5!

Anúncios