ANTOLOGIA DE CONTOS – 2015 – 1ª Edição

A HERDEIRA – 2015 – 1ª Edição

A COROA – 2016 – 1ª Edição

Kiera Cass

Tradução: Cristian Clemente

Editora Seguinte – Selo Jovem da Companhia das Letras

São Paulo/SP

DSCN1513.JPG

Bom, dando sequencia à série da qual falei no último post, temos agora a trilogia final, ou melhor, um livros de contos, e os dois livros finais da série.

É que autora foi espertinha, e para angariar mais leitores, fez o que todo mundo faz atualmente, lançou um livro com historinhas paralelas à da America. Então temos um conto sobre a Rainha – mãe de Maxon, a mocinha que gostava do Maxon, um conto sobre Aspen, o primeiro amor de America. Vou falar que torci por ele, durante algum tempo. 🙂

Temos algumas histórias das meninas que interagiram com América e o que aconteceu com alguns dos personagens após o fim do livro A Escolha.

Então é simpático e gostosinho de ler, mas não obrigatório para o entendimento dos dois últimos livros da série.

A partir de agora, tem que ter spoiler, porque só consigo falar do livro A Coroa se contar o final de A Escolha. Então se não quer saber de nada, pare agora!

.

.

O livro a Herdeira começa muitos anos após Maxon e América se casarem, e fala da filha deles, Eadlyn, primogênita e portanto, herdeira do trono.

Ficamos sabendo dos esforços do casal real para eliminar as castas e também tornar a sociedade mais justa, o que não garante a paz, já que as rebeliões seguem firmes e fortes.

Sendo assim, para garantir um pouco de paz, o casal real decide fazer uma Seleção de meninos para que a jovem princesa escolha seu futuro marido entre o que o povo tem de melhor.

O principal problema desta continuação é que a menina é chata pra burro. Mesmo! E se América era incoerente às vezes, pelo menos era bondosa, já Eadlyn é chata e babaca mesmo. O livro inteiro!

É, foi difícil de ler, mas aí no final, a mãe dela sofre um infarto e vai parar na UTI, e é assim que nos preparamos para o último livro da série.

Eadlyn sofreu vários revezes e precisa mudar de postura para garantir seu lugar como rainha, então ela vai começar a mudar.

Ela também tem que resolver o que fazer com os meninos e a Seleção. A população não gosta dela mesmo, e ela perdeu o apoio do irmão gêmeo, enfim, bastante coisa na cabeça da mocinha.

Mas temos que ler o livro.

E sim, no final das contas, vale a pena!

Mais uma vez afirmo, a leitura é leve e divertida na maior parte do tempo.

#prontofalei 🙂

Anúncios