A MALDIÇÃO DO TIGRE / O RESGATE DO TIGRE

A VIAGEM DO TIGRE / O DESTINO DO TIGRE

Colleen Houck – tradução Raquel Zampil

Editora Arqueiro – 2011 / 2012

maldição do tigre

os feriados renderam bastante e li pra caramba. e reli também…rs

estes li bem rápido porque a série é fácil.

vamos ao resumo básico: conta a história de uma adolescente comunzinha, órfã que no seu primeiro emprego nas férias de verão, vai trabalhar em um circo.

lá ela fica muito próxima do tigre branco, e aí ela descobre que este tigre branco é, na verdade, um príncipe indiano amaldiçoado. e aparentemente a bonitinha é a chave para a sua libertação.

no primeiro livro, a menina viaja com ele para a Índia, se apaixona pelo moço/tigre e vive fortes emoções ao descobrir que a lenda envolve momentos surreais, história da Índia, religião, lendas e geografia também…

no segundo livro a mocinha descobre que existe um segundo tigre – o irmão do moço, e aí se estabelece o triangulo amoroso.

os outros dois livros dão sequencia às tarefas que os três têm que cumprir para acabar com a maldição.

os livros são fofos. a história não tem muita coisa nova e lá pela metade a gente meio que já sabe o final.

mas não é esse o meu interesse nos livros.

o que curti e muito, foi toda a descrição das lendas, geografia e atualidades da Índia.

não se fala muito dos dramas existentes no país, mas podemos ter uma visão geral – romanceada, é claro – mas ainda assim, muito simpática de um país distante e tão diferente.

tudo é contado do ponto de vista da garota, que é a típica americana, boa aluna, boazinha, e bonitinha.

pode-se pensar que é outra série na linha da saga dos vampirinhos camaradas, e sim, existem vários pontos em comum.

existem os elementos fantásticos no contato dos garotos com a deusa que os apóia, e também nas tarefas a cumprir.

mas é quase como mitologia grega, que também era religião e não existiu, mas e daí?

o ritmo de leitura é rápido, e a autora não perde muito tempo em papinho chato.

os cenários vão se desenrolando e tem bastante ação envolvida, claro que vai virar filme hollywoodiano.

mas eu gostei bem. achei leve e tranquilo, mesmo com toda a carga histórica.

recomendo. 😉

Anúncios