falei que eu contaria né?
se eu fosse assistir a parte 1 do último harry potter.
então.
fui.
gostei. mas ainda prefiro zilhões o livro.
mas não há como negar: todos os detalhes do livro estão lá na tela, mesmo que não tenham sido citados.
algumas coisas foram aglutinadas, outras transformadas, alguns diálogos foram suprimidos ou mudaram de personagem, mas nada que nos faça odiar o filme.
não não.
vamos aos mais mais.
momentos irritantes:
– ter que apresentar o gui para o harry. qualé, eles se conhecem desde o 4º livro, do cálice de fogo, e foi assim, aliás que a fleur se apaixonou e tals…
mas é daquelas coisas, né? vamos cortar pq nao precisa, e aí na ultima hora ou no último filme, vamos fazer assim pra justificar a presença do personagem.
– alguns tons de conversa não foram do jeito que imaginei. como a briga do rony com o harry, ou a volta do rony…
momentos bacanas de rever:
– harry consolando hermione. adorei! ah! o que é esta menina?! emma watson: além de linda, fantástica como atriz. não me decepcionou em nenhum momento. rupert grint: rony também excelente, só não sei se será um ator conhecido no futuro, figurinha dificil de encaixar. já o harry… desculpe-me, ele é lindinho e tals, com aqueles olhos verdes enormes, mas penso que ficou a dever nos ultimos harrys… gostava mais quando ele era menorzinho. enfim.
– impagável, a cena do beijo entre harry e hermione! nos primeiros livros eu imaginava se os dois não ficariam juntos, mas logo ficou óbvio.
– nada boa a cena do beijo entre harry e gina, mesmo sendo um filme para crianças, penso que tem elementos suficientes de medo e terror para que as crianças de hoje aguentem um beijo bem dado, como o do harry com a hermione (ah vá!), por exemplo. além do mais, merecia.
– adoro a atriz que faz a luna – Evanna Linch – impecável.

muito boa a camera tremida, nos momentos de medo e fuga.
os efeitos especiais estão bacanas e nem são tantos….
na verdade este último livro é tão dificil justamente pelo volume de informações, onde tudo que foi lido nos 6 primeiros, se condensa e vc tem personagens já maduros, e depois de tanto tempo, eles existem de fato.
não há como não falar dos atores da “velha guarda”, todos incríveis. aliás, não vejo a hora de assistir a última parte. só pelo ralph fiennes e alan richman, lord voldemort e snape respectivamente, já vale assistir o filme.
sem contar a Helena Bonham Carter numa assustadora e louca belatriz.
como eu havia dito, eu li o livro duas vezes para assistir o filme, e na verdade, dei umas relidas …
meio que decorando.
então prestei muita atenção nas descrições que autora faz, e rapaz! estão lá, as vezes disfarçadas, mas estão.
ah! o momento do corte para a segunda parte, perfeito.
ficou tudo que precisava para um filme inteiro e acho que nem vai dar. rs

de modo geral, o filme cumpre a obrigação e acredito que os fãs ardorosos vão aprovar, pelo menos é o que indicam as bilheterias do filme.
eu ainda mantenho que a melhor adaptação de todas, é a do senhor do anéis.
harry potter fica a dever, pq toda a generosidade e companherismo que o harry demonstra nos livros, fica meio que solta nos filmes.
os dilemas, o mau-humor, e as insanidades, estas aparecem bem. fica parecendo que o snape está certo no final das contas. o garoto só quer aparecer.
ou talvez eu veja o harry de uma forma muito mais bonita do que ele realmente é, enquanto herói e tudo e tal.
kkkk
o que não faz diferença nenhuma.
pra mim, herói é assim.
só fico triste com uma coisa!
acabou.